"Não me sinto brasileiro, e sim Pernambucano"

 

- João Cabral de Melo Neto -

Mantenha-se atualizado
  • Wix Facebook page

QUEM DEFENDE A INDEPENDÊNCIA DA PÁTRIA PERNAMBUCANA?

 

    Somos o que carrega no sangue e na cultura, o sentimento de autonomia de nossos antepassados. Se há uma melhor definição para o GEAPI, seria descrito como aqueles que representam o desejo independentista de muitos que se negam a admitir e que agora, apoiados em nossa causa, finalmente se revelam novamente.

  

   De várias formas, o objetivo do GEAPI esteve presente em nosso povo desde os tempos coloniais, muito antes de sermos alcunhados LEÕES DO NORTE, pelos brasileiros que já era mister em saber que nunca quisemos estar sob seu domínio. Assim sempre foi chamada a nossa rebeldia que, era tão recriminada e foi covardemente punida.

  Hoje, os ideais libertários de heróis do passado, revive através do GEAPI, constituído juridicamente em 2015, defendendo a soberania do atual estado de Pernambuco, assumindo em prosseguir o objetivo daqueles que morreram para formar o pernambucano de hoje.

     O GEAPI não é o único  grupo separatista no Brasil. Hoje também existem diversos grupos que foram fundados com a mesma finalidade, Entre eles estão: Grupo de Estudos Nordeste Independente, Movimento São Paulo Independente, Liga de Defesa Paulista, Poder Paulista, Amazônia Independente, República Ianomâmi entre outros. Todos lutam pelo direito da autodeterminação, um direito natural.

     

    Podemos analisar que de fato, não estamos sozinhos. E isso mostra a realidade de que não só os pernambucanos, como outros estados não estejam satisfeitos com a falta de competência e despreparo que os representantes de Brasília tem em relação as necessidades particulares de cada região.  Mantendo-se ocupados em encher seu próprio bolso e esquecerem do povo brasileiro que, acaba sendo manipulados pela politica do Pão e Circo.

 

      Apesar do forte nativismo e sentimento nativista e separatista que o pernambucano tem, ainda há os poucos que por não estar bem familiarizado com o assunto, imagina que independência ou separação de um país seja coisa que só acontecia no passado e que o mapa politico mundial esteja estabilizado.

    Vale ressaltar, caros patriotas pernambucanos, que até 1915, existiam apenas 152 países no mundo, e que hoje há 196. Já disse William B. Wood ( geógrafo e chefe do Departamento de Estado norte-americano): “Nos próximos 25 a 30 anos, a lista de países existentes poderá aumentar em 50% ou mais”.

    Então caro patriota, esperamos que num certo 6 de março, não só celebremos os ideais de 1817, mais sim a independência definitiva desta terra que chamamos de “minha pátria”. Onde os coqueiros são mais próximos do céu do que em qualquer outro lugar. Onde  o nobre sentimento de liberdade vive mais intenso do que nunca. E que Pernambuco seja falado mundo a fora, como um país próspero e acolhedor.

Deixe seu email e fique por dentro de nossas atividades

Parabéns patriota pernambucano! Seja bem-vindo a luta pela liberdade!